Tuesday, November 07, 2006

MINHA MÃE, MEU AMOR


Respirar-te o sangue

bebendo-te o perfil


bordando-te o perfil


a ponto-pé-de sombra

e de flor


a ponto-pé-de amor.


Respirar-te o mover

bebendo-te o sorrir


bordando-te o sorrir


a ponto-pé-de parto

e de partir


a ponto-pé-de afago

e de flor:


minha mãe

meu amor
~
maria teresa horta
PARABÉNS, MÃE. OBRIGADO...

5 comments:

Maria João said...

sim Luis, é verdade. Que coincidencia não é?
Um grande beijinho de parabens a tua mae.

AnaG. said...

Obrigada, Luís, pela visita.
Sempre gostei de Florbela. Ainda não tenho o CD, mas hei-de procurá-lo.
Estive a cuscar...e tenho alguns dos livros que mencionas, como o da Teresa Horta.
Parabens pela tua Mãe.
Abraço

TARCIO VIU ASSIM said...

Um belo poema para uma belíssima mulher! Parabéns pela estampa de mãe. E que decote, hein?!
Abraço do visitante pernambucano.

kiduchinha said...

olá! muitos parabéns à tua mãe! felicidades! e já agora, obrigada pelo teu incentivo! Beijocas

kiduchinha said...

Olá Luís! Muitos parabéns à tua mãe (e desculpa este atraso)! Muitas felicidades! Beijocas grandes! E, já agora, obrigada pelo teu incentivo e bom fim de semana!