Friday, November 07, 2008

cordão umbilical...

Mother and Child, Picasso, 1907


Este cordão umbilical
aue nos liga:

do chão do teu corpo
ao chão da minha boca

A respirar-te
devagar…

o coração

in Minha Mãe, Meu Amor, Maria Teresa Horta

Mesmo que o ar me falte, respiro o seu afago. Parabéns, Mãe!!!

25 comments:

Ka said...

Lindíssimo como sempre Luis!

É o 3º ano que partilhas connosco o aniversário da tua mãe e todos os anos fazes uma homenagem que dá gosto de ver.

Parabéns à tua mãe e a ti
Beijinhos aos 2

L.C. & H. F. said...

um gesto lindo, com um poema bonito,
com um quadro lindo:
Um tríptico perfeito.

Um abraço Luís.

L.C.

pinguim said...

Este post que homenageia a tua Mãe, pelo seu aniversário, está à altura do autor. Parabéns a ambos.
Curiosamente a minha Mãe também teve o seu aniversário recentemente, estava ainda em Itália, no dia 2; por isso não fiz um post.

almas said...

Parabéns aos dois!
é tão bom ter mãe, aquela pessoa que nós sabemos que está sempre pensando em nós, e nunca nos sentimos sós

POEMA À MÂE

No mais fundo de ti
Eu sei que te traí, mãe.

Tudo porque já não sou
O menino adormecido
No fundo dos teus olhos.

Tudo porque ignoras
Que há leitos onde o frio não se demora
E noites rumorosas de águas matinais.

Por isso, às vezes, as palavras que te digo
São duras, mãe,
E o nosso amor é infeliz.

Tudo porque perdi as rosas brancas
Que apertava junto ao coração
No retrato da moldura.

Se soubesses como ainda amo as rosas,
Talvez não enchesses as horas de pesadelos.

Mas tu esqueceste muita coisa;
Esqueceste que as minhas pernas cresceram,
Que todo o meu corpo cresceu,
E até o meu coração
Ficou enorme, mãe!

Olha - queres ouvir-me? -
Às vezes ainda sou o menino
Que adormeceu nos teus olhos;

Ainda aperto contra o coração
Rosas tão brancas
Como as que tens na moldura;

Ainda oiço a tua voz:
Era uma vez uma princesa
No meio do laranjal...

Mas - tu sabes - a noite é enorme,
E todo o meu corpo cresceu.
Eu saí da moldura,
Dei às aves os meus olhos a beber.

Não me esqueci de nada, mãe.
Guardo a tua voz dentro de mim.
E deixo as rosas.

Boa noite. Eu vou com as aves.

Eugénio de Andrade

Maria said...

Belíssimo, e ternurento, como é teu hábito...

Abraço

geocrusoe said...

Parabéns à mãe de ver-se assim tão bela e dignamente homenageada por um filho que mostra saber como honrá-la... Brilhante!

Anonymous said...

Querido AMIGO
Fui espreitar o teu blog para ver o que tinhas dedicado este ano à mulher mais importante da tua vida. Conseguiste postar um poema com poucas palavras mas com uma mensagem muito forte, reveladora da intensidade do sentimento que te une à tua mãe.

Dá um beijo por mim à J. Rosa.

Bjs

Elsa

Ana Paula said...

Duplos parabéns! :)

Violeta said...

Bonita homenagem.
Bjs

maristela said...

ô, meu deus, luis. Chegou a tirar-me a respiração. Belíssima homenagem. Um abraço também aqui do sul do Brasil

Tongzhi said...

Muito bonito!
Como é bom poder fazer uma homenagem destas à mãe.

Parabéns.

Paula Crespo said...

Parabéns a ti e à tua mãe, Luís!
Uma pérola este post... :)
Bjs

BlueVelvet said...

Eu ainda só acompanho a tua partilha hà dois anos, mas é sempre uma inspiração.
Como tudo o que escreves aqui.
Ainda que atrasada aqui deixo a minha homenagem à tua mãe e um grande beijo para ti

isabel mendes ferreira said...

o belo e o infinto. o amargo e o doce.


o fruto e a vertigem


____________.



um beijo.



.


comovido.

Marta said...

Um beijinho de parabéns, ainda que muito atrasado... *

MrTBear said...

Lindo. As palavras certas, como sempre.

Parabéns ao filho também

hora tardia said...

tão do coração!!!!!


beijo.

Mar Arável said...

sIMPLESMENTE

BELO

Olhos de Mel said...

Linda homenagem, meu amigo!
Disse tudo!
Bom fim de semana! Beijos

Bandida said...

parabéns à mãe!!


e um beijo para ti!

Psykhe said...

Poema lindissimo

Viajante said...

Estimado Luís,
tenho vindo a acompanhar silenciosamente este seu espaço belíssimo espaço de exaltação do ser, do pensar e do sentir.

Este post tocou-me particularmente, por isso aqui vãos os meus parabéns a si e à senhora sua Mãe.

Abraço!

pin gente said...

tu és...
como as mães adoram.
tão bonito, luís.

muito atrasados, mas parabéns
abraço
luísa

take.it.isa said...

Lindo!

Um beijo grande, Luís.

ANITA said...

Como nos acostumámos a assistir, a tua ternura para com a tua mãe define bem o grande homem e muito especial que és!
Beijinho grande, meu querido amigo
(porque já o és, sabes!)
Ana