Monday, December 15, 2008

aqueles que nos acrescentam…

Para Nuno Pereira

Amigo cúmplice de muitos momentos, no dia do seu 34º aniversário.

Há algum tempo dei comigo a pensar que no caminho da vida a circunstância – a “minha circunstância” de que falava o filósofo espanhol – nos traz ao convívio três tipos de pessoas. O mais abundante é o daqueles que passam por nós sem deixar rastro, encontros demasiado fugazes ou superficiais. O segundo, cujo número, mesmo que escasso, é sempre excessivo, inclui aqueles que nos diminuem, ou porque nos roubam o que demais precioso temos, o tempo (e devo confessar que quando me pedem licença para mo roubarem eu digo sempre que não deixo, porque o meu tempo ou o ofereço ou, em situação própria, o vendo), ou porque levam parte de nós, deixando na alma ferida que não sara, ou então porque nos filam com os dentes e nos forçam a descer a uma altitude moral que nos diminui o carácter e envergonha a consistência. Há, finalmente, os que serão sempre em número insuficiente, aqueles que nos acrescentam. Fazem-no muitas vezes de forma tão subtil que parecem insinuar-se no outro genoma, que a biologia ainda não desvendou. Outras vezes deixam a marca incisa de um conselho ou de um exemplo. Não raramente fazem-no pela mais depurada forma de ensinar, que é, como alguém disse de Sócrates, pelo simples facto de existirem.
In, O Eco Silencioso, João Lobo Antunes.

Este post existe tão só para celebrar um Homem que me acrescenta. Parabéns, Amigo!!!

21 comments:

Maria said...

Bonita homenagem a um Amigo, que te acrescenta...
É isso, mesmo!

Abraço

pinguim said...

Quem quer que seja o teu amigo, deve estar feliz por "acrescentar" um Homem como tu...
Parabéns a anbos.

kiduchinha said...

olá amigo! como estás? Temos q combinar algo aqui em casa, junto c as amigas Cat, Leonor e Lena... q dizes? Mas, ainda antes... podes responder ao desafio que te lançei. vai ver no meu blog :)) Fica bem! beijocas

White said...

Sim, tenho alguns amigos assim. Posso conta-los nos dedos de uma mão,,,, mas valem por mil.

Assim vale a pena.

BlueVelvet said...

Lindíssima homenagem.
Nem poderia ser de outra forma, vinda de quem vem.
Amigos destes, conto-os pelos dedos de uma só mão, mas acho que acontece com todos os que realmente sabem o que é a amizade.
Beijinhos natalícios

Paulo Tomás Neves said...

Os que nos acrescentam fazem de nós pessoas melhores.
Um abraço

Nuno Pereira said...

Meu Querido Amigo!!
Muitas vezes me tenho queixado que a vida me tem sido madrasta. Mas, assim que recordo a fortuna de te ter como amigo logo condeno a minha insatisfação e falta de gratidão… De facto, muitos passam pela vida sem nunca terem, sequer, a ideia de um amigo assim.
Eu, que me tenho na conta de desassombrado sentimental nunca consegui dizer-te algo assim: que me acrescentas! Nunca me disseram algo tão grandioso; nem mãe, mulher, muito menos pai… Obrigado Luís! Não fiquei emocionado… Fiquei ESTARRECIDO!
Eternamente rendido à nossa amizade! A existir vida para além da morte que seja para perpetuar este tipo de sentimento.

Sempre teu,
Nuno

Sílvia said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Violeta said...

Adorei o post e os "sentires".
Parabéns

Violeta said...

Adorei o post e os "sentires".
Parabéns

Violeta said...

Adorei o post e os "sentires".
Parabéns

L.C. said...

Amizade é o grande segredo...
Gostei.
Tenho um novo blogue.
Acabo de inserir dois novos posts.
Um poema meu e uma trad. de um poema de Kaváfis,
um dos maiores poetas da poesia moderna grega.
Serás bem vindo – como um amigo.

Um abraço:

L. C.

isabel mendes ferreira said...

e feliz de quem se sabe acrescentar! assim!


.


raro hoje.



abraço. Luis.

tulipa said...

Lindíssima homenagem a alguém especial.

Amigos destes, já tive ou será que tenho? Ainda vou ter? Dúvidas enormes existem na minha alma.

Penso que sou daquelas pessoas que passam pela vida sem nunca ter, sequer, a ideia de um amigo assim.
Isto entristece-me muito.

Depois fala-se na crise de valores e ideias. Pudera!
E há tantos outros assuntos, esses sim prioritários. O caso da minha sobrinha - a Pikena.
Não é por ser ela, é porque é um ser humano com apenas 26 anos, presa a uma cama de hospital à espera de um coração que lhe dê a vida que ela precisa...
Nem sei que te diga!!!
Neste momento todas as palavras do Mundo não têm qualquer interesse para ela, compreendo que ela queira ACÇÃO, que apareça o coração que tanto precisa...
É complicado querer ajudar e não poder fazer nada!!!

Com o Natal à porta, os meus votos são:
Que nunca cesses de encontrar novas possibilidades na vida e em ti próprio.
Que mantenhas dentro de ti uma Paz que nada possa destruir.
Que o ano 2009 seja tal como desejas.
Beijos.

Nota: desculpa a minha longa ausência, tenho-te no coração.

Entre "aspas" said...

Linda homenagem,a riqueza não se encotra nos bens materiais,mas sim nas verdadeiras amizades,nos verdadeiros/as Amigos/as,esses sim,são o pilar fundamental, o baluarte que nos segura nos momentos mais vulneráveis.
Magnífico este post.
Bjs Zita

Mar Arável said...

Quando se abraça um amigo

é mais que um abraço

é uma transfusão de sangue

Olhos de mel said...

Meu amigo lindo! Sábio e verdadeiro post! Assim também classifico. Mas os que são verdadeiros amigos, sempre acrescentam, sempre fazem falta. E esses não precisam da constante companhia, porque até distantes, conseguem ser o mais companheiros possíveis!
FELIZ NATAL e que o ANO NOVO seja de realizações, paz, saúde e amor!
Beijos

Sílvia said...

É bom os meus mais novos acrescentarem algo... típico de alguém intemporal.

Tongzhi said...

Passei para deixar um abraço com votos de Boas Festas!

Paulo said...

adorei a ideia do "acrescento"! de facto, os amigos são isso mesmo uma extensão da nossa existência tornando-a mais rica. atrasado, mas parabéns ao Nuno Pereira.

abraço

Anonymous said...

Querido amigo
Sei que o posso tratar assim, sei que o pouco tempo que passámos juntos foi o suficiente para eu o poder tratar por amigo. Estive a ver o seu blog, gostei imenso, tanto do poema que dedicou à sua mãe no dia do aniversário dela, que a faz sentir como ela é importante para si e como tem um filho maravilhoso, gostei da homenagem que fez ao seu amigo, também eu pelo natal senti necessidade de homenegear uma amiga. Também gostei e concordo em tudo o que escreveu, vou só passar uma parte ( infelizmente nós sabemos que é assim):
Um beijinho para si e familia, não os conheço mas sópodem ser boas pessoase bem formadas


“O comum das pessoas não tem o mínimo para sobreviver e, muitas vezes, carece de afectividade”.

“No mundo em que vivemos as pessoas são treinadas para ganhar dinheiro, os afectos são relegados para segundo plano. Não se lhes dá espaço”.

“ Um colega é alguém a abater. É um concorrente. Esta mentalidade torna a vida menos gratificante”.

Aseguir a homenagem à minha amiga


À minha amiga verdadeira…

Muitas foram as dificuldades que atravessei ao longo da minha vida, no entanto, com o passar dos anos encontrei alguns tesouros.

A amizade é uma riqueza, tu amiga és o meu tesouro, algo que é muito raro nos dias de hoje, encontrei um abraço amigo com muita luz e amor. Apesar de serem imensas as desilusões, o sofrimento que tive ao longo dos anos em relação a tudo um pouco, mas neste caso particular, em relação as amizades, encontrei uma pessoa fantástica que até hoje ainda não me desiludiu e que me mostrou que apesar de raro ainda existe um fio de amizade verdadeira. Amizade essa sem interesses, sem inveja, sem maldade, sem falsidade…

Agradeço-te a ti Cremilde por tudo que me fizeste e ensinaste, tenho aprendido muito contigo.

Tu Cremilde tens um coração enorme, capaz de fazer os impossíveis para mes veres sorrir, além de linda és uma excelente amiga, compreensiva; altruísta; generosa; lutadora; corajosa; vencedora; entre outras qualidades sem fim. Bom, Cremilde nesta quadra festiva, nesta fase da minha vida, em que nunca me abandonastes, sempre reservastes um bocadinho para mim, não podia deixar de te prestar esta pequena homenagem.

Amiga como tudo isto foi tão importante para mim, contigo ri, contigo chorei, contigo desabafei.
Poderia dizer tanta coisa e acredita que enchia imensas páginas, mas vou-me ficar por aqui mesmo, apenas queria acrescentar que gosto muito de ti e que podes sempre contar comigo para o que precisares. As amigas verdadeiras são inesquecíveis, tal como tu. Guardo-te no meu coração eternamente, a nossa amizade é um dos tesouros mais valiosos da minha vida.

A amiga de hoje e sempre

Rosário