Saturday, May 23, 2009

uma manhã com outra luz...

a nossa vida real é, em mais de três quartos, composta de imaginação e de ficção
Simone Weil

Hoje chuvisca mas o dia sorri-me, vejo o mundo de camarote. E acordo a ouvir Rodrigo Leão e enredo-me na torrente sentimental, aninhado na vida como em boa manta escocesa. Este dia, o 23 de Maio, é aquele dia em que agradeço estar rodeado de certas pessoas. É o dia em que recordo que a minha aventura nasceu numa cidadezinha de província, Évora, onde o Inverno é frio e o Verão sem sombra. Mas a essência da vida é andar para a frente; sem necessidade de fazer marcha a trás.

Na realidade, a vida é uma rua de sentido único. Não tem sido em vão, não tem sido inútil palmilhar essa estrada, no tempo certo do coração. Sei que há viagens que não fiz, livros que não li, filmes que não vi, pessoas que não conheci, gente que não abracei, mas a vida vai indo e aconchegando. Tal como Agatha Christie também já me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerado pelo sofrimento, mas apesar de tudo ainda sei, com absoluta certeza, que estar vivo é sensacional.

No fundo, o que pretendo é e embora em contexto diametralmente oposto utilizar os nove adjectivos que Sarah Kane empregou no perturbante texto Crave: (…) transmitir algum do esmagador, imortal, irresistível, incondicional, abrangente, preenchedor, desafiante, contínuo, e infindável amor que tenho (…) pelos pequenos instantes que a vida, vivida umas vezes devagar, outras de forma nervosa, me proporciona.

Abriu-se-me a manhã:
- Parabéns
- Obrigado, enternecido, respondo!

15 comments:

AnaLee said...

Bem sei que o que escreve é ficção; para o caso de nem sempre ser, parabéns !
Maio é um mês imponente!
Parabéns!

pinguim said...

Um abraço especialíssimo hoje, meu caro Luís.
Um bom dia para ti e para os teus.
Parabéns.

Paulo said...

gostei de te conhecer as raízes e de te ver por aqui hoje, dia meio amuado mas muito feliz por!
então, muitos parabéns!

e um grande abraço!

Nuno Guronsan said...

Então digo também eu, muitos parabéns. E agradeço-te, enternecido, todas as palavras que partilhas connosco, restantes mortais. Porque eu acho mesmo que as palavras são eternas, nas pessoas que as escrevem e nas pessoas que as lêem.

Parabéns e obrigado, Luís.

Je Vois la Vie en Vert said...

Ainda bem que temos a imaginação e a ficção para podermos ter ou ver o que não nos é possivel na realidade !
Continua a andar nesta rua de sentido único sem olhar para trás a não ser para lembrar as belas coisas que encontraste no início desta rua ou para te lembrar dos sinais que viste para não cometer erros....

Parabéns, amigo !

Beijinhos

Verdinha

Daniel Silva (Lobinho) said...

"Ruinas" de Rodrigo Leão tem uma semelhança incrível com o Piano de Mychael Nyman. Arrepia-me e absorvo todo o album. Mas nao sei se o faria num dia de anos...

Ficção e realidade, diz Simone Weil. Eu diria que a vida é, essencialmente, o que fazemos dela.

Um abraço sentido de Parabéns

Daniel

Tongzhi said...

Muitos parabéns. Espero que o resto do dia tenha sido tão bom como a manhã!

Mel de Carvalho said...

Meu muito querido e estimado amigo (brother),

não podia deixar de aqui vir. De te dar aquele abraço que se impõe. Num qualquer ramo da árvore da vida, acredita, estou por lá e nunca me esqueço das pessoas especiais e especialmente humanas que o caminho que percorri me colocou pela frente. Esta janela aproximou-nos, a vida real confirmou a estima.

Bem-hajas por existires. Que a tua vida seja longa e muito frutuosa. Sempre.

Beijo da Mel. Parabénsssssss

Jonice said...

I wish you have a new year plentiful of joy, Luís!

Beijo :)

Antónia Samora said...

Tudo o que aqui se diz me parece estar correcto e Simone Weil também.

Sandra S. said...

Antes de mais, parabéns ! :)
Aliás, parabéns a dobrar, porque achei o teu blog simplesmente fantástico, pura cultura de uma ponta a outra! É raro encontrarmos blog's assim hoje em dia...

:)

beijinhos

Anonymous said...

Estimado amigo!

Parabéns (atrasados) por este dia e também por este extraordinário "cantinho"!

Um abraço,
João Areosa

lusibero said...

Estar vivo ,Luís,é fruto desse abrir-se a manhã de cada um de nós;se possível com raios de sol luminoso, engrandecedor e perturbante no nosso acordar!Depois que venha Byron, Agatha CHRISTIE, Sarah kane, HAROLD ROBBINS, BACH, Mozart,"Il DUOMO" de Milão,o MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS,um cálice de Porto...
Beijo de lusibero

maria said...

Também eu fiz anos nesse dia; senti-me um pouco mais feliz porque alguém (o blog) que admiro e leio com interesse, faz anos no mesmo dia.Às vezes há raras coincidências porque os sentimentos e emoções foram os mesmos, apesar de os meus serem verdadeiros. Mas o que é a verdade?
Parabéns!

Anonymous said...

Desta cidadezinha de provincia, no dia 23 telefonei-te. Atendeu-me uma voz potente a quem cantarolei "Parabéns a você...), disse-me - não é o Luis, é o filho, ele agora está ao telefone... disse-lhe - parabéns na mesma, dá-lhe um beijinho, volto a ligar... Desculpa amigo, já não tive oportunidade! Desta cidadezinha de provincia, sabes que sempre me lembro de ti. Parabéns, obrigada por seres meu amigo! Beijinhos***
Fátinha