Tuesday, November 14, 2006

mais 15 minutos para ANDY WARHOL...

Andy Warhol volta a encabeçar os leilões de arte contemporânea realizadas esta semana em Nova Iorque, nos quais centenas de obras serão colocadas à venda por um valor de até 300 milhões de dólares. As casas Sotheby´s e a Christie´s vão leiloar cerca de 70 obras do «rei da pop art», entre as quais um retrato de Mao Tsé Tung. Um dos retratos de Marilyn Monroe, «Marilyn Laranja» (1962), também será leiloado na Christie´s por um valor estimado de até 15 milhões de dólares.
A Sotheby´s também colocará à venda outras obras de Warhol, entre elas um auto-retrato de 1964. Com um valor estimado entre 3,5 milhões de dólares e 4,5 milhões de dólares, a peça representa um momento-chave na obra de Warhol, quando o artista se descobre a si mesmo como sujeito das suas pinturas.

“A morte consegue realmente tornar-nos parecidos com as estrelas”, disse o mais incontornável artista da segunda metade do século XX. E, efectivamente, se já em vida foi uma lenda, a sua morte prolongou em muito os seus tão apregoados 15 minutos de fama. Andy Warhol foi — é— o mais pop de todos os artistas. Há quem lhe chame mesmo o Papa ou o Marx da Pop. Duas imagens tão contraditórias só podem co-existir num mundo “warholianamente” pop. Pudesse eu estar no leilão e ter direito aos meus quinze minutos...

http://www.warhol.org/

2 comments:

SOLO MAX said...

Gracias por dejar tu comentario en mi blog.
Me encanta el tuyo. Lástima que no entiendo Portugués del todo.
Muchas de tus películas y libros favoritos también lo son para mí.
Un abrazo.

TARCIO VIU ASSIM said...

Pra mim Andy Warhol está entre os 'papas' dessa categoria de artistas cuja fama supera o talento e cujo talento se apóia na fama. Eu que não daria minhas patacas - que não possuo de sobra-por coisa alguma feita pelo gringo.
Abraço pernambucano.