Monday, November 20, 2006

Procuremos somente a Beleza, que a vida

É um punhado infantil de areia ressequida

Um som d'água ou de bronze e uma sombra que passa…

EUGÉNIO DE CASTRO
*
Bom Dia!

11 comments:

kiduchinha said...

Adoro poesia e as que tu colocaste aqui enchem-me a alma!... e o coração!

nina sem medo said...

pena que a beleza que é feita de belas imagens como esta também acaba. a menina cresceu, resta-nos a fotografia que congelou o instante de beleza.

será a beleza ela própria ainda mais bela porque fugaz?

Vulcano Lover said...

Bom dia para ti também, querido.
O amante.

Cecy said...

mmmmm... Hola!! tengo que aclararle un par de cosillas respecto al comentario que me dejó:
1.- Que Picaso fuese de Málaga no significa que ésta sea maravillosa, estoy segura de que si estuviese vivo opinaría lo mismo.
2.- No soy de Málaga capital, soy de un pueblo asqueroso, donde no hay nada, donde la gente da asco y donde no hay ningún sitio de interés que visitar.

Gracias por pasar por mi blog. Saludos.

Silvia said...

Boa noite:-)
Uma boa semana com um beijo e um :-)

Tino said...

Como a fotgrafia, a beleza é instatânea... mas cada instante é belo para que sabe olhar...
Uma coisa que me chateia quando faço fotografia é a perda de um momento tão fugaz que não se vê que a partir da objectiva...perdendo o momento real para que outros possam ver a realidade imprimida com as cores do homem.
Não é o caso dessa menina...ela cresceu mas os olhos são os mesmos, desengane-se quem a viu numa reportagem televisiva...

Abração e boa semana!

Frioleiras said...
This comment has been removed by the author.
Frioleiras said...

linda, a associação que fizeste ... adoro Eugénio de Andrade... adoro fotografia ...

Maria P. said...

Enigmático olhar que jamais se esquece, tal como a arte de Eugénio de Castro.

Boa noite.

Josefa Pacheca Pereira said...

Cretinices da net.Boa tarde.

AnaG. said...

Acho que a poesia e os olhos da menina/mulher combinam perfeitamente...
A imagem será sempre real!!!