Sunday, November 05, 2006

Zapping - Cidade de Deus...

Muitos chamam-lhe a Cidade Maravilhosa, outros chamam-lhe a Capital do Crime, e há outros ainda, que só têm as imagens da praia de Copacabana e dos cocos que se bebem.
Mas a Cidade de Deus retrata o pior problema do Brasil moderno, especialmente construído a partir da década de 60.
Com a deslocalização de pessoas para um bairro social que depois sai transformado em favela, Cidade de Deus mostra-nos a fiel reprodução do que se passa no Rio de Janeiro, onde os barões do tráfico de droga põem e dispõem das pessoas e da Polícia.
Existe violência em Cidade de Deus, já tinha ideia formada sobre o filme – estreou em 2002 – pelo que não poderia sentir grande surpresa e também não posso afirmar que existe violência “gratuita”; o conceito e a realidade das favelas e do domínio dos traficantes são demasiado violentos, e filmar uma história desta natureza (baseada na realidade e em histórias reais) sem violência, seria entrar no campo da ficção científica, da abstracção ou da censura e se há poder de chocar o espectador, o mesmo não advém do derramar de sangue ou dos resultados dos inúmeros tiroteios, mas antes da encenação de alguns dos momentos mais tensos, como a cena em que um miúdo é coagido a disparar sobre outro ou se dá a escolher a uma vítima, igualmente de tenra idade, o local do corpo onde quer ser baleada.
Na última parte de Cidade de Deus, onde começamos e aonde voltamos findos os flashbacks, tudo se torna mais nervoso, à flor da pele, tal como a violência, que pode despoletar a qualquer momento em qualquer beco da favela. Mas o ritmo do filme nunca abranda e os 130 minutos de duração mal se notam.
No fim, Cidade de Deus é brilhante pela conjugação de histórias e com um tema que parece ser o título do filme, ou pelo menos transmite isso: "No Brasil, só te safas se fores ladrão! Ser honesto não compensa..:!"
Aconteceu ontem na RTP 2, aconteceu que sonhei com o filme, aconteceu que me roubaram um carro mas acontece que não foi perto de uma favela, mas sim num pacato lugar onde até há pouco nada de estranho acontecia e acontece que também Portugal está a ficar uma enorme favela!!!
Cidade de Deus - trailer

1 comment:

TARCIO VIU ASSIM said...

É um ótimo filme, que nos orgulha pela qualidade e nos envergonha pela verdade exposta. Concordo com tua observação, entre nós (infelizmente) se firma essa idéia de que não vale a pena ser honesto ou pacífico. Certamente quando tivermos mais Educação e uma Justiça atuante para todos, essa realidade mudará. E Cidade de Deus será então o que deveria ser: Boa ficção.
Grande abraço pernambucano.
PS: Lamento pelo roubo.