Friday, June 15, 2007

meio século de arte portuguesa...

A exposição apresenta uma selecção de centena e meia de obras da colecção do Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão escolhidas em articulação com a documentação existente sobre os artistas apoiados, em subsídios e bolsas, pela Fundação desde 1957 até à actualidade. Este cruzamento, colecção e arquivo, permite que as obras de arte possuam um lastro significativo, vindo da voz dos seus próprios criadores, através dos seus relatórios de trabalho. Deste modo, meio século de arte portuguesa constitui uma especial celebração: a de um intenso convívio entre uma instituição e largas dezenas de artistas – conjunto vasto de autores com elevado reconhecimento na História de Arte Portuguesa permitindo captar as intenções de cada artista. Ana Hatherly, Alberto Carneiro, António Areal, Ângela Ferreira, Daniel Blaufuks, Emília Nadal, Eduardo Nery, Graça Morais, Maria José Aguiar, Menez, Júlio Pomar, Júlio Resende, Paula Rego, entre outros. Também João Cutileiro, um dos primeiros bolseiros da Gulbenkian, até jovens que estão agora em Berlim ou Nova Iorque, abrangendo quatro ou cinco gerações do mundo das artes. Uma exposição que só a Gulbenkian podia promover. Documentos de valor inquestionável, pese alguns dos trabalhos ficarem aquém do crédito reconhecido aos artistas, até porque são obras de princípio de carreira, pelo que não estamos perante uma "reunião" de obras-primas, mas face a uma reflexão acerca de temas e questões fulcrais da nossa cultura. Exposição digna de ser apreciada com tempo e de enorme valor. Hoje a hora de almoço foi trocada por meio século de arte portuguesa e valeu a pena mergulhar nas obras dos nossos artistas enquanto jovens bolseiros.

8 comments:

Fernando Pinto said...

Mesmo que sejam os primeiros esboços, vale sempre o olhar.

Abraço,
Fernando Manuel

MARIA VALADAS said...

Mas que grande coincidência...

NO fim de semana passado ( sabado), a minha visita foi à Fundação Calouste Gulbenkian. Além de me proporcionar umas horas agradáveis, rodeada de livros e descobertas de escritores que desconhecia... também relaxei naqueles jardins magnificos... ouvindo aqui e a além.. pequenas cascatas de água...e lagos com patos lindissimos.

Por fim... fomos lanchar á esplanada do Jardim!

Um belo passeio citadino num dia de imenso calor... mas onde o fresco da vegetação fez- nos esquecer que estávamos em plena cidade ( barulhenta)!

Mais uma vez... obrigada Luis, pelas tuas sugestões para quem te lê!

Abraço da

Maria

triliti star said...

já estava na minha agenda.
abraço

Maria P. said...

A não perder.

Um abraço*

MariaFaia said...

Uma óptima sugestão para uma brilhante tarde bem passada...

Obrigado amigo.

teresamaremar said...

Excelente sugestão e importante o divulgar.
Estou já curiosa do catálogo, deverá ser também aliciante.

Bom fim de semana

Sharm said...

viva portooo !!


hey .. how r u ?
can u just add an english hint about your post so that we can comunicate with you ?

thank you
sharm .. Egypt

copy+paste said...
This comment has been removed by a blog administrator.