Wednesday, September 17, 2008

a magia de Perahia...

Não sou um especialista da obra de Murray Perahia, pianista e maestro possuidor de um currículo difícil de desafiar e que faz parte de uma elite artística consagrada. Aliás não me julgo perito do trabalho de quem quer que seja. Mas ultimamente tenho sido um ouvinte cúmplice e fascinado com a destreza do prestidigitador músico nova-iorquino, que consegue transformar o lenço que oferece ao ouvinte para estancar a emoção numa pomba em voo livre tirada da manga metafórica dos seus truques musicais. E como com todos os ilusionistas, nunca me pareceu sensato procurar autopsiar os enredos da arte mágica, bastando-me observar (e escutar), com cúmplice fascínio, que de magia se tratava. Assim, tenho-me simplesmente abandonado ao som sedutor das partitas 2, 3 e 4 de Bach e a vida toda ela parece deslizar de forma mais serena...

18 comments:

pinguim said...

Que se passa contigo, Luís?
Não estou preocupado, pois sei que estás bem e isso é o mais importante; mas andas ausente..
Para quando as crónicas de Nova York?
E "aparece" de vez em quando.
Abraço muito amigo.

BlueVelvet said...

Querido Luis,
aqui está a prova de que quantidade não tem nada a ver com qualidade.
Quanto não vale um post destes, uma vez a cada quinze dias, comparado com algumas baboseiras que se lêem diariamente.
...transformar o lenço que oferece ao ouvinte para estancar a emoção numa pomba em voo livre tirada da manga metafórica dos seus truques musicais...
... e a vida toda ela parece deslizar de forma mais serena...
Depois disto só me resta ir a correr procurar ouvir o pianista, que não conheço.
Beijinhos brilhante amigo

Catatau said...

E com este post, consegues seduzir para a magia que te encanta. :)

firmina12 said...

tocam onde?

Marta said...

Nada melhor do que a música que toca baixinho e nos beija com o seu ritmo e as suas palavras! :)

Beijinhos

ps: sim. acho que agora posso pôr uma pedra sobre o assunto ;)

Olhos de mel said...

Oie lindo! A boa musica tem o poder de encantar, seduzir...
Beijos

Violeta said...

Adoro Bach; perco-me e encontro-me nas sua música.

Alexandre said...

Lembro-me de há anos ter andado à procura de documentação - ainda a internet era incipiente - de Perahia no arquivo do Expresso. E isso levou-me a procurar cds dele e a passar a ser fã!

Muito obrigado por o trazeres aqui! Um abraço!!!

sp said...

É por isso que...


Um abraço!

Fernando Pinto said...

A tua escrita, amigo Luís, possui uma musicalIDADE que me enCANTA!

Abraço,
FMOP

The White Scratcher said...

Sem dúvida encantador,,,
Abraço

GRITOMUDO said...

Exmo. Sr.
Não querendo ser abusador, e como grande amante de audiófila, gostaria de lhe perguntar que equipamentos usa para audição das suas excelentes escolhas musicais?
Eu por exemplo, uso os seguintes equipamentos:
Pré-Amplificador e Amplificador Audiolab;
Prato – Rega com braço RB300
Leitor CD’s – Rega
Colunas – Monitor Audio
Não sei se tem presente a importância de uma boa instalação sonora para uma melhor contemplação da relação artística e mágica do músico com o seu instrumento.
Caso ainda não tenha escutado algumas das suas escolhas musicais numa boa instalação sonora, gostaria de lhe propor uma visita `a sala de audição da Delaudio - http://www.delaudio.pt e surpreenda-se com o que estava escondido dos seus ouvidos.

GRITOMUDO

sofialisboa said...

e porque não mudas assim a tua musica de fundo? sofia

geocrusoe said...

Luís Galego, é a qualidade de post deste tipo que me deixam deslumbrado na blogosfera.
Conheço mal Perahia e infelizmente aqui não tenho uma discoteca para perder-me no tempo a ouvir excertos de cd para seleccionar a adquisição. por isso, quando passo por lisboa, por norma, procuro aquilo que quero ou que ouvi dizer que deveria ouvir para me decidir...(o tempo é escasso) de perahia a página da net já está indicada, agora falta só decidir-me na minha próxima ida a lisboa.
Obrigado pelo conselho
Carlos Faria

Vulcano Lover said...

bach é infinito e trascendente. Mas apenas uns poucos pianistas têm o dom de interpretá-lo assim. Como sempre, adoro a sensibilidade das tuas recomendações.

Entre "aspas" said...

Apesar da minha ausência "forçada" por motivos de força maior eis-me aqui de novo.
Teus posts sempre com muita qualidade meu amigo,sempre com algo de mistíco e alguma magia.
Bjs Zita

Ka said...

Belíssima dica, como nos habituaste :)

Não o conehcia e pelo que ouvi gostei! Vou investigar.

Beijinho e bom fim-de-semana

Claudia Sousa Dias said...

Não conheço...mas pelo que dizes...desperta curiosidade...
csd