Wednesday, October 11, 2006

Yao Jingming condecorado por Portugal...

O poeta chinês Yao Jingming, autor de “A noite deita-se comigo”, tradutor de Fernando Pessoa, Eugénio de Andrade e outros autores portugueses, recebeu hoje a insígnia da Ordem Militar de Santiago de Espada, atribuída pelo Estado português por ocasião do 10 de Junho.
Yao Jingming, um grande poeta chinês, cujo perfeito domínio do nosso idioma e profundo amor à poesia de língua portuguesa permitiu-lhe a tradução de numerosas obras poéticas de autores portugueses o que tem contribuído para a divulgação da cultura portuguesa em Macau e no interior do continente chinês.


Não me acordes

A noite deita-se comigo
na fenda do tempo

Os dedos do luar
penteando os cabelos do sonho

Oh, meu amor
podes passar pelo meu sonho
podes ficar no meu sonho
mas não me acordes

3 comments:

Anonymous said...

Luís
Ao ler este pequeno poema senti que ele poderia muito bem ter sido escrito para mim, é mesmo isso que me acontece quando sonho com ele: não quero acordar.

Beijo
Luísa Cabral

Anonymous said...

LUIS ESTE POEMA TEM A VER COM UM POUCO TE TODOS NÓS,PARECEM ETERNOS E TAO EFEMEROS OS SONHOS MAIS DOCES QUE VIVEMOS,E POR VEZES NEM É PRECISO ADORMECERMOS PARA VIVE-LOS,SOBRETUDO NO QUE DIZ RESPEITO A PESSOA QUE AMAMOS. ABRAÇOS BOB

isabel victor said...

Belíssimo ... poema

Peguei na ponta deste novelo poético e desenrolei-o nas páginas do " Caderno ..."

Até lá

um Abraço