Sunday, November 04, 2007

na fotografia, estamos felizes...

Após um delicioso Fettuccine Santola consumido ao inicio da noite e tendo o Tejo como cenário, escutei no Centro Cultural de Belém "uma pauta visual de mar e céu, de paisagens e cidades, de memórias e desejos" na voz da mais internacional das actrizes portuguesas Maria de Medeiros em concerto integrado no festival Temps D' Images: na fotografia, estamos felizes que contou com imagens em super 8 do artista plástico Daniel Blaufuks, vencedor, no ano passado do BES Photo, o mais importante prémio da área da fotografia. Com os vídeos de família dos anos 70 em pano de fundo, surgiram as versões do disco A Little More Blue, o único na carreira da actriz. O concerto assentou nas canções que Caetano Veloso compôs, no exílio, em Londres. A acompanhar a cantora e actriz em palco esteve o Trio de Jazz, composto por um francês no piano, um turco no contrabaixo e um brasileiro na percussão. Não sei que diga, mas foram sessenta minutos de melancolia e modernidade muito agradáveis …

ver e ouvir aqui um excerto...

16 comments:

Maria said...

Tenho que confessar que a voz dela não me atrai.
Já o Fettuccine Santola... nesse Restaurante mesmo aqui ao pé.....
Mas a minha tarde foi na Bulhosa, no lançamento de um livro de poesia, e a seguir... um jantar, pois claro...

Bom domingo

avelaneiraflorida said...

Caro Luís,

Diria que foram momentos de requinte!!!!!

Ainda bem que eles existiram...
UM BOM DOMINGO!
BJKS

RedLightSpecial said...

Passeava na blogosfera, páro no blog da Moura, leio um comentário teu. Fazes referência a Henri Miller... prendeste a minha atenção. Não há muitos com conhecimento de causa, com cultura sexual que chegue a esse ponto.
Vi o teu blog e gostei... voltarei.
Bjo*

Shelyak said...

Momentos que, infelizmente, não partilhei..:(
Um abraço que te deixo!

rui said...

Olá Luís

Tendo o Tejo como cenário, a nossa sensibilidade e predisposição para as artes aumenta.
Certamente que viveste um momento fantástico.

Grande abraço

Olhos de mel said...

Oie Luis! Deve ter sido maravilhoso... posso imaginar!
Que sua semana seja feliz e de realizações!
Beijos

Maria P. said...

Um momento.
Assim foi esse tempo, assim é o essencial da fotografia, da vida, da música - um Momento.

Beijinho e boa semana Luís*

Jasmim said...

Que bom!
boa semana

Jonice said...

Sounds delicious!

Tem uma ótima semana, Luís.

Beijinhos

Blue Velvet said...

Ó Luis, Bellinis, York House, Fettuccine Santola...começa a ficar difícil passar por aqui:)
E depois os livros, Caetano, o Tejo, que maravilha.
Fico feliz que tenha tido um bom fim de semana.
Beijinhos

Anonymous said...

http://red-light-special.blogspot.com/
um blog a não perder e que tem tanto a ver com outro que por aqui comenta, com outro nome, claro. A explorar, meu caro Luís!

Vulcano Lover said...

Ja ouvi a Medeiros na radio ja que esta também aqui o seu primeiro trabalho como cantora... mas não consegui apreciar ainda...
Nestes dias esta a mostra cultural portuguesa e nela vai cantar a portuguesa em Madrid, também dentro do festival de jazz da cidade... estou curioso, não sei se ir e dar-lhe uma segunda oportunidade---
Beijos

maria j. said...

Que me desculpem o despropósito neste post, do que vou dizer. Mas não percam o filme "a outra margem". Um filme de sentimentos com um tom comevedor e com actores excepcionais.

pin gente said...

como cantora, a voz não me seduz...
se ela está feliz fico feliz por ela.

um abraço
luísa

pin gente said...

depois de reler o meu comentário fiquei a pensar:
vão achar que sou cantora e exprimo a minha opinião como tal... eheh
nada disso! embora eu cante muito bem... eheh

pinguim said...

Este festival "Temps d'images" a decorrer em diversos espaços lisboetas tem junções de artistas de áreas distintas muito curiosas.
Esta será uma delas, embora como já foi afirmado por aqui a voz de Maria de Medeiros não seja uma maravilha; será a conjugaçãp das duas artes que trará o interesse a esta representação.
Abraço.